Stay signed in:  

Login  Forgot Password?

SEASON

CHAMPIONSHIPS
Confira os Campeonatos da 1ª TEMPORADA
CATEGORYCHAMPIONSHIP
Super Copa Pro Copa 11x11

DESTAQUES DA TEMPORADA
Confira os Destaques da 1ª TEMPORADA

NOTÍCIAS E RESULTADOS
Placares e Notícias da 1ª TEMPORADA

Calendário
REGULAMENTO GERAL PROCLUBS E-LIGAS BRASIL

DISPOSIÇÕES GERAIS

O Regulamento Geral Proclubs E-Ligas Brasil normatiza e regulamenta o funcionamento e normas das Ligas organizadoras da Modalidade Proclubs para as plataformas que as mesmas contemplam.

Participam das E-Ligas Brasil, na modalidade Proclubs as seguintes organizações:

- IESA BRASIL (www.11vs11.com.br)

- EFA BRASIL (www.efa.com)

- SUPER VIRTUAL SPORTS (www.supervs.com.br)

- Virtual Pro Network (www.virtualpronetwork.com/apps/br)

Este regulamento estará vigente desde o momento de sua publicação nas páginas das ligas que participam da organização E-Ligas Brasil.

A organização se reserva o direito de modificar qualquer regra a qualquer tempo com a as modificações amplamente divulgadas em todos os canais de comunicação das Ligas participantes.

1 – CADASTRO DE USUÁRIO

1.1 – O cadastro de usuário é independente em cada site participante e o mesmo é ÚNICO, PESSOAL e INTRANSFERÍVEL sendo cada usuário responsável pela confecção do mesmo e manutenção dos dados corretos e atualizados. Tendo sua GT/Oringin/PSN utilizada para os campeonatos com caracteres iguais no site e no jogo

1.2 – Qualquer dado não informado ou informado de forma incorreta, por menor que seja, pode acarretar punições técnicas e administrativas, no site ou nos campeonatos participantes, tanto para o usuário quanto para o time ao qual está vinculado.

1.3 – No cadastro do jogador não pode conter nenhuma mensagem, seja por Psn Id/ Gamertag/ Origin ou de qualquer outra forma que transmita mensagem homofóbica, pornográfica, xenofóbica, racista ou qualquer caso similar.

1.4 – A alteração de PSN/GT/Origin serão processadas individualmente em cada organização, nas ferramentas disponibilizadas por cada uma delas, pelo próprio usuário, apenas no período de janela de transferências e inscrições ABERTA.

1.5 – PODERÃO SER ACEITOS PEDIDOS DE MUDANÇA DE PSN/GT/ORIGIN COM A JANELA FECHADA, PARA ACERTO DE ERRO DE DIGITAÇÃO NO MOMENTO DO CADASTRO, DESDE QUE AUTORIZADO PELAS TRÊS ORGANIZAÇÕES PARTICIPANTES

2 – DAS OBRIGAÇÕES E DEVERES DE JOGADORES

2.1 - São deveres dos jogadores da modalidade deste regulamento:

a) Manter seu cadastro correto e atualizado.

b) Manter comportamento compatível com as diretrizes das organizações nunca omitindo em qualquer meio público ou privado xingamento, ofensas ou qualquer tipo de ato constrangedor a outros usuários, times ou às organizações participantes.

c) Manter em seu personagem/avatar no videogame o campo “Conhecido como” exatamente igual à sua PSN ou de forma que o mesmo possa ser identificado nas imagens de reporte de jogo.

3 – DOS PROPRIETÁRIOS E DEMAIS CARGOS DE TIMES E SUAS OBRIGAÇÕES

3.1 – Serão considerados proprietários dos times aqueles que criarem o time em cada site ou que tenha assumido a propriedade por solicitação

3.2 – São deveres dos proprietários dos times:

a) Criar o time em cada site de forma correta e idêntica

b) Manter as informações do clube de forma clara e correta processando atualizações sempre que necessárias.

c) Zelar pelo bom comportamento de seus diretores e jogadores seja dentro do site ou em qualquer situação que envolva as organizações participantes e/ou outros times dos campeonatos

d) Nomear e atualizar sempre que preciso os cargos de Manager e co-manager de seu time

3.3 – São deveres dos managers dos times:

a) Manter elenco atualizado com o mínimo de jogadores previsto no regulamento dos campeonatos.

b) Orientar seus jogadores para que cumpram o regulamento principalmente no item 2.

c) Tratar de forma cortês e respeitosa todos os jogadores e times das organizações assim como os administradores e seus moderadores.

d) Conhecer todos os regulamentos dos campeonatos que o time participar assim como seus formatos e calendários.

e) Reportar os jogos de forma completa, clara e dentro do prazo estabelecido neste regulamento

3.4 – São deveres dos co-managers dos times:

a) auxiliar o manager do time em tidas as suas atribuições listadas no item 3.3 deste regulamento

3.5 – O time que não possuir todos os cargos preenchidos terá todas as atribuições centralizadas na pessoa do Proprietário.

4 – DOS CLUBES

4.1 – É denominado clube o conjunto de jogadores participantes da competição da modalidade, tendo como responsável os cargos

4.2 – Todo time que tenha o interesse em participar de competições deve ser criado em cada site organizador SEMPRE por um responsável oficial do clube.

4.3 – Nenhum clube pode ter nome ou escudo que seja julgado como ofensivo ou danoso às Ligas, organizações, jogadores, outros times ou qualquer pessoa, assim como também não será permitido o uso de marcas registradas, logos ou escudos sem autorização formal da marca em questão.

4.4 – O clube que ficar mais de 4 meses sem participar de competições oficiais em um dos sites organizadores, será considerado como inativo, perdendo assim vagas e o rankeamento será zerado, apenas no site que ficar inativo.

4.5 – A mudança de nome do time só será efetuada de acordo com a aprovação de todas as ligas organizadoras e mudança feita em todos os sites.

4.6 – O clube é obrigado a manter no elenco o mínimo de 11 jogadores e sem limite de máximo.

4.7 – O clube que se inscrever nos campeonatos de uma ou mais organizações e não cumprir os jogos até o fim será punido em todas as Ligas de acordo com a regra de punições deste regulamento.

4.8 – O Clube deverá usar nos sites das organizações participantes a mesma grafia de nome e no jogo deverá ter o nome semelhante ao de registro no site, sendo permitida apenas algumas mudanças sempre preservando sua identidade

4.9 – A alteração de nome da equipe será feita apenas por solicitação formal e com aprovação de todas as organizações, podendo gerar sobre esta operação nenhuma, uma ou diversas consequências listadas abaixo:

a) Perda de pontuação no ranking

b) Pagamento de multa

c) Congelamento de elenco

d) Congelamento de diretoria

e) Rebaixamento em Liga

4.10 – A mudança de nome só poderá ocorrer a cada 6 meses, a não ser em casos de conserto de grafia.

4.11 – Não será permitida a mudança de nome com campeonato em andamento

4.12 – A mudança de nome SEMPRE deve ser 100% igualitária em todas as organizações participantes, ou seja, Caso um time mude de nome em uma organização, terá que mudar em todas e a mudança deve ocorrer de forma idêntica (nome anterior e nome atual)

5 – DO CALENDÁRIO

5.1 - O calendário será informado em ferramentas específicas de cada Liga participante, de acordo com suas decisões administrativas, cada uma independente da outra

6 – DOS CAMPEONATOS

6.1 – Cada organização pertencente à E-LIGAS BRASIL estará livre para determinar suas competições e formatos estando padronizados os seguintes itens:

a) Proibido o uso de QQ (any)

b) Prazo de tolerancia – 10 min

c) Proibido o quit em qualquer momento

6.2 – O número de jogadores on-line no jogo será definido de acordo com o nível de cada competição e será divulgado no regulamento específico do campeonato

6.3 – O Reporte dos jogos deverá ser feito, de acordo com o sistema de cada Liga participante, em até 24hs após a realização das partidas.

6.4 – É de responsabilidade do clube verificar qualquer irregularidade cometida pelo adversário no jogo e fazer o pedido de revisão do placar de acordo com as ferramentas disponíveis em cada organização no prazo de até 48hs após o fim do jogo

6.5 – Após feita a solicitação de revisão do jogo, a administração terá mais 48hs para o decreto do mesmo.

6.6 – Não será considerada válida qualquer permissão de infração de alguma das regras, mesmo quando acordado entre os dois times, em caso de reclamação de um dos times.

6.7 – Em caso de irregularidade verificada por um time antes ou no decorrer da partida, é obrigatório que o jogo seja realizado por completo e as reclamações feitas após o término da partida conforme item 5.3

6.8 – Não será permitido que clubes com mais de um time joguem a mesma divisão nas Ligas Nacionais das organizações participantes. Caso uma das equipes consiga acesso ou por conta de rebaixamento chegue à mesma divisão do time do mesmo clube, um dos dois times terá que ceder a vaga, indo para a divisão inferior

6.9 – Em casos de campeonatos no formato copa (grupos + mata-mata e mata-mata), sem acesso ou rebaixamento, os times poderão participar simultaneamente, porém jogadores inscritos em um time não poderão se transferir para o outro do início até o fim do campeonato em questão.

6.10 – Os horários e dia dos jogos serão informados por cada organização de forma que nunca uma coincida com a outra a não ser em casos de necessidade e com acordo entre as mesmas e sem prejuízo aos times

6.11 – Os times poderão, de comum acordo, combinar o jogo para outro dia e horário desde que não haja prejuízo para o campeonato e/ou outros times, se informado previamente à administração que deverá conceder ou não a mudança.

6.12 – Em caso de problemas técnicos que acarrete a não realização da partida, o julgamento será feito pela administração de acordo com provas colhidas pelos times e enviadas à administração em até 24hs

6.13 – A Organização, por motivos de força maior, poderá alterar data e hora das rodadas sem aviso prévio.

6.14 – Em caso de abandono de time ou exclusão por excesso de WO, todos os placares seguintes á comunicação ou decreto de exclusão serão decretados com WO (3x0), sem definição de artilharia. Os placares dos jogos já realizados pelo time excluído do campeonato serão decretados em WO, com a manutenção das estatísticas individuais, caso a FASE corrente do campeonato em questão não tenha atingido 50% de seu calendário. Se o calendário da fase em questão já tenha atingido 50%, os placares anteriores serão mantidos.

OBS – Em caso de WO em jogo de volta em fase de mata-mata, o time perdedor será eliminado do campeonato, independente do placar do jogo de ida.

7 – DAS VAGAS

7.1 – As vagas nos campeonatos serão definidas de acordo com critérios técnicos divulgados antecipadamente pelas Ligas participantes em seus campeonatos, sendo elas independentes entre si.

7.2 – A E-LIGAS BRASIL é terminantemente contra a venda de vaga em qualquer campeonato das ligas participantes, sendo esse ato, caso descoberto, punido com banimento de todos os diretores dos times envolvidos.

8 – DOS RANKINGS

8.1 – Cada Federação manterá seu ranking de clubes de acordo com suas competições com critérios individualmente definidos

8.2 – Cada federação manterá seu ranking de jogadores de acordo com suas competições com critérios individualmente definidos

8.3 – A E-LIGAS BRASIL manterá um ranking geral com critério definidos entre todas as organizações participantes na modalidade

9 – DAS PUNIÇÕES

9.1 – As punições aos jogadores, diretores e times poderão ser técnicas ou administrativas, em uma ou todas as Ligas dependendo da infração

9.2 – Caso um time abandone o campeonato sem cumprir os jogos em sua totalidade sofrerão as seguintes punições:

a) Jogadores – Ficarão bloqueados para transferências até o fim do campeonato em questão.

b) Diretores – Ficarão suspensos de participação em todos os campeonatos das Ligas participantes por 6 meses, não podendo atuar nem como jogador.

c) Clube – Será rebaixado a última divisão do campeonato brasileiro da organização que infringiu, terá o ranking zerado e não poderá participar de competições internacionais.

OBS: SERÁ CONSIDERADO ABANDONO O TIME QUE LEVAR 5 Wos NO MESMO CAMPEONATO POR CAUSA DE FALTA DE JOGADOR OU ATRASO PARA A PARTIDA

9.3 – O jogador ou diretor que ofender, caluniar ou difamar a instituição, times, administradores ou outros jogadores, seja pelo site ou por qualquer outro meio de comunicação, será julgado pelos administradores das organizações participantes e poderá sofrer as seguintes penalidades em uma delas ou em todas:

a) advertência quando se tratar de primeira punição e/ou quando a infração for considerada leve

b) 5 jogos de suspensão quando o infrator já tiver levado suspensão e/ou quando se tratar de infração média.

c) Suspensão das competições em andamento quando o infrator já tiver levado suspensão de uma semana e/ou quando se tratar de infração grave

d) Suspensão por um FIFA quando o infrator já tiver levado suspensão das competições e/ou quando se tratar de infração gravíssima.

OBS – Caso a ofensa tenha sido postada por um meio de comunicação do time, responderá pelas faltas, os dirigentes do clube

10 – DO REPORTE DE RESULTADOS DE JOGOS

10.1 – O reporte de jogo é obrigatório e deverá ser feito por cada time, dentro das ferramentas oferecidas por cada federação no prazo de 24hs após a realização da partida.

10.2 – As informações obrigatórias a serem informadas e comprovadas em cada jogo dependerá do modelo adotado de cada federação e estará no regulamento de cada campeonato em cada site organizador

10.3 – Caso haja contestação do adversário ou da administração sobre qualquer informação postada sem a comprovação por vídeo ou imagem, será decretado sumariamente contra o time que não apresentou as provas

10.4 – O time que se omitir não reportando ou reportando de forma incorreta e/ou incompletos e não comunicar qualquer problema que justifique o não reporte dentro das 24 horas serão punidos da seguinte maneira, dentro da organização em questão:

a) Advertência na primeira ocorrência de reporte feito de forma errada

b) Perda de X pontos no Ranking dos rankings de times por ocorrência e perda das estatísticas do jogo na primeira ocorrência de não reporte

c) Zeramento de toda a pontuação do time no ranking dos rankings na quarta ocorrência

11 – CONSIDERAÇÕES FINAIS

11.1 – A utilização de qualquer BUG, Glicth ou fato que seja considerado prejudicial à modalidade e não esteja contemplado no regulamento poderá ser incluído a qualquer tempo pelas organizações

11.2 – Qualquer caso ou ocorrência não contemplada nesse regulamento a e-ligas Brasil se reserva no direito de decidir através do Comitê administrativo formado por EFA, SuperVS e IESA Brasil

Equipe Super VS

All rights reserved © 2020 Super VS - Virtual Sports. Developed and Admistrated by Bruno Monteiro, Cadu Lambert, Eduardo Novaes, Eric Maia and Kauê Freitas.